Como temperar a carne para o seu churrasco

Sim, sim. Sal e pimenta. Ou apenas sal grosso, para aqueles que são tradicionais. Com toda certeza o sal grosso é o tempero imprescindível no churrasco, todo profissional da grelha ou espeto vai concordar. Mas repare com cuidado no que eles dizem ao se tratar de temperar carne. Hoje temos algumas pequenas diferenças no que concerne a um bom tempero de carne. Claro, tudo depende do tipo de carne, do tamanho da peça e do sabor desejado, então vejamos algumas dicas para atingir aquele gosto maravilhoso!

Sal grosso sim, mas moído:

Unanimidade no quesito temperar carne, mas sabia que fica muito mais fácil controlar o nível de sal, assim como espalhar melhor o sabor, se você moer os grãos? Sim, moer o sal grosso faz uma boa diferença no sabor. Experimente passar apenas 15 minutos antes de levar ao fogo, e passe ao redor de toda a carne.

Sal, pimenta e azeite:

O triunvirato essencial. O azeite, além de dar um sabor característico, ajuda a manter a pimenta e o sal grudados na carne. O resto é só delícia, como conhecemos.

Pedaços grandes e pequenos são diferentes:

Vai assar uma costela inteira? Use sal grosso sem moer mesmo, temperada meia hora antes. Vai colocar uma posta de picanha na grelha? Use o moído, mas só no final, quando estiver tirando a carne. Perceba como peças maiores usam sal grosso inteiro, e precisam de mais tempo para pegar o sabor, enquanto as menores e mais rápidas são melhores de temperar apenas antes de tirar do fogo.

Marinada vale a pena:

Algumas carnes não pegam bem o tempero, como os cortes do frango. Outras são sensíveis demais para aguentar sal grosso, que é o caso dos peixes. Nesses casos, uma marinada pode ser a diferença entre sucesso e fracasso. E mesmo nas carnes bovinas pode trazer resultados maravilhosos. Lembre-se que marinar é deixar a carne descansando em uma espécie de molho ou caldo de temperos, por longas horas, para que os sabores entrem totalmente na carne. Se puder, faça sempre, o sabor é divino!

Essas são apenas algumas dicas rápidas de como temperar uma boa carne para seu churrascão de fim de semana. Para exemplificar como se faz uma marinada deliciosa, vai aí uma receita:

Ingredientes:

  • O que tiver na cozinha de temperos
  • Um caldo ou líquido pra formar a marinada
  • Uma peça de carne (que caiba no saco plástico)
  • Um saco plástico, preferencialmente que possa ser lacrado

Olha que simples: Pegue a carne e passe sal e pimenta em toda ela. Coloque dentro do saco plástico. Corte alguns temperos bem pequenos e jogue junto. Pode ser alho, cebola, salsinha, cebolinha, o que você gostar de comer. Quanto? O quanto achar necessário, só cuidado com pimentas e sal. Adicione algum outro tempero em pó, como páprica, pimenta calabresa, curry, açafrão, alecrim, o que for. Escolha algum que você prefira e, de vez em quando, experimente outros. Agora a parte mais difícil. Junte o líquido. Pode ser caldo de carne, de legumes, ou até mesmo cerveja. Precisamos desse líquido para formar um molho que vai misturar todos os sabores. Cerveja escura é uma ótima pedida pois tem um sabor adocicado.

Feche o saco plástico bem fechado e leve para a geladeira. Ao menos umas 2 horas antes de assar, mas quanto mais tempo puder deixar descansar, melhor.

Fácil, né?

Não esqueça de tirar da geladeira ao menos uns 15 minutos antes de assar, para que a carne volte a temperatura ambiente. Não asse carne gelada, as fibras vão endurecer. É isso, agora curta essa delícia!

Você pode gostar de...