As churrasqueiras à gás funcionam de verdade?

Essa é uma dúvida muito comum. As casas estão ficando menores, os apartamentos precisam de espaços melhor planejados e nem sempre podemos ter uma churrasqueira à carvão à disposição. Mas, apesar de todas as questões relacionadas a espaço, praticidade ou até agilidade, a grande pergunta no fim das contas é: numa churrasqueira à gás a carne fica boa?

Bem, a resposta curta é sim.

A resposta longa é que, em uma churrasqueira a gás, provavelmente, o único ponto desfavorável é que, obviamente, não temos aquele sabor defumado que o carvão nos dá. A carne, ao ser aquecida, libera gordura e proteínas, que caem sobre o  carvão, rico em Lignina, composto químico vegetal associado à celulose e responsável pela rigidez e impermeabilidade da madeira. A lignina, ao sofrer pirólise (queima), libera, por sua vez, fumaça e uma substância chamada guaiacol de aroma característico: BACON! Sim, o cheiro do bacon é causado pelo processo de defumação que vem da lignina queimada.

Uma churrasqueira à gás, por não queimar lignina, não libera guaiacol. E, portanto, nem o aroma da defumação. Porém, usando algumas lascas de madeira aromatizante, o cheiro característico volta a estar lá.

Numa churrasqueira à gás o que se sente é o real sabor do alimento. O churrasco sem aquele sabor defumado é tão gostoso quanto com ele, até porque os temperos usados nas carnes aparecem mais quando feitos em churrasqueiras à gás. É uma questão de gosto pessoal.

Cada vez mais, as pessoas aproveitam as vantagens de fazer seu churrasco à gás, tanto para grelhas quanto para espetos, pois existem modelos para todos eles. Acender o fogo é mais rápido e prático (é só apertar um botão), limpo, pois não tem resíduos e sujeira, você não fica todo sujo como a cada vez que mexe no carvão e a gordura cai em depósitos específicos e de fácil limpeza. E, como o resultado é praticamente o mesmo, as churrasqueiras à gás levam ainda a vantagem de poderem ser usadas em áreas mais fechadas com muito mais flexibilidade. Já falei que o calor nelas é distribuído por igual, diferente das churrasqueiras a carvão, que cria pontos frios e quentes ao longo de toda a área?

churrasqueira-gás

Além de toda essa parte técnica, o lado estético é incrível. Ela é linda. Dá pra fazer inveja ao vizinho, não? Ainda não está seguro se as churrasqueiras à gás valem à pena? Vamos considerar mais alguns pontos então.

Ecologia:

O gás GLP (usado nos botijões) é um gás natural, que emite baixos teores tóxicos. Já o carvão normal possui fumaça tóxica e é produzido da derrubada de árvores, o que afeta o meio ambiente.

Contato com fogo:

Todo mundo já teve um amigo que se queimou fazendo churrasco, não? Então… Churrasqueiras a gás são tão seguras quanto o fogão que você tem dentro de casa.

Flexibilidade:

Tente assar uma pizza na sua churrasqueira. Meio complicado, não? As churrasqueiras à gás podem também funcionar como forno à lenha, permitindo toda uma gama de opções de pratos para fazer. Alguns modelos ainda têm uma boca de fogão acoplada, para simplificar ainda mais.

Praticidade:

Às vezes você está com vontade de assar um churrasco, mas, no fim das contas, decide fazer em uma frigideira ou comprar pronto, pois o churrasco tradicional leva tanto tempo e faz uma sujeira tão grande que nem vale a pena o esforço? Pois é, em uma churrasqueira à gás dá pra fazer um grelhado mesmo no intervalo do almoço. Rápido e fácil, sem bagunça.

Existem, hoje, muitos modelos de churrasqueira à gás, agora é apenas uma questão de encontrar a mais adequada ao espaço que você tem e a finalidade desejada …. e então, partir pro abraço. A gente se vê na próxima!

Você pode gostar de...