Aquecedor ou lareira, qual escolher?

O inverno nos deixa desconfortáveis fora de casa, ou nos agasalhamos demais e perdemos um pouco de mobilidade ou acabamos passando frio. Ao menos em casa ou no seu escritório, podem ser utilizados sistemas de aquecimento para nos manter aquecidos, nos deixando confortáveis e protegidos contra o clima frio.

Em busca de alternativas para minimizar os dias gelados, soluções inusitadas são apresentadas para minimizar o desconforto e CLIMATIZAR O AMBIENTE. No Brasil os sistemas de aquecimento mais comuns são: fogões, aquecedores, lareiras, salamandras (também conhecidas como lareiras externas), pisos aquecidos  e ar condicionado (de parede ou Split).

Equipamentos mais antigos costumam gastar mais do que os mais novos

“Apesar de mais caros, a longo prazo, os aparelhos mais modernos são mais econômicos. A troca de equipamentos antigos por outros mais eficientes também gera economia. Priorize produtos com Selo A do Inmetro, pois são mais eficientes no consumo de energia.” – avalia o Diário de Santa Maria.

O  jornal também alerta no sentido de que o uso dos dispositivos voltados para o aquecimento deve ser consciente, afinal o uso contínuo durante o mês tem forte impacto na conta de energia.

Não basta trocar os aparelhos se a fiação estiver comprometida

“Outro ponto a ser observado são as instalações elétricas antigas. Fios com emendas ou sem a isolação adequadas podem gerar um gasto desnecessário de energia. […] Muitas construções foram projetadas no tempo em que as famílias não possuíam tantos aparelhos elétricos e a sobrecarga em uma rede interna inadequada também é sinônimo de um prejuízo invisível.” – afirma o jornal. Os cuidados com a fiação são importantes para preservar a segurança do seu lar.

Se você quer evitar contas de luz abusivas e desfrutar de um ambiente aquecido vale a pena investir em AQUECEDORES ou LAREIRAS MODERNAS para a sua residência.

Visando a economia bem como o melhor CUSTO-BENEFÍCIO, a reflexão sobre custo versus conforto leva-nos ao questionamento: aquecedores ou lareiras, qual o modelo mais adequado para você?

Para facilitar seu apuramento é importante considerar algumas informações. Tratando-se de lareiras, no mercado, atualmente temos as seguintes opções:

  • Lareiras a lenha aberta ou tradicional;
  • Lareiras a gás;
  • Lareiras elétricas;
  • Lareiras a álcool, biolareiras ou lareiras ecológicas;
  • Lareiras calefatores a lenha de alto desempenho térmico, ou também conhecida como lareira canadense ou recuperadoras de calor.

Fatores importantes a serem considerados na escolha do modelo ideal para você

Para guiar seu processo de escolha separamos uma ficha com os dados básicos sobre as LAREIRAS. O conteúdo também foi sintetizado em uma tabela comparativa sobre o modelo mais conveniente e de menor custo total para atender às suas necessidades:

Potência:

Definida em watts, deve ser compatível com o volume a ser aquecido, considerando sempre os ambientes integrados e características construtivas, com tipo de piso, quantidades de janelas e caixas de escadas, além do coeficiente de isolamento térmico de paredes e telhados.

Custo aquisição:

Os aquecedores costumam ter valores mais em conta do que as lareiras elétricas. Contudo, a comparação direta de preços dos produtos deve levar em conta os custos inerentes à utilização do equipamento.

Rendimento térmico:

Quantidade percentual de energia que se mantém dentro de seu ambiente em relação ao total fornecido, seja elétrica ou de biomassa. Os sistemas abertos têm os menores rendimentos porque perdem calor pela chaminé.

Lareiras abertas tradicionais a lenha ou a gás, tem rendimento térmico de apenas 10-12% contra os calefatores que apresentam valores acima de até 75%. Modelos a álcool são campeões porque todo o calor fica dentro do ambiente e assim seu rendimento térmico chega a 99%. Procure cuidadosamente os valores junto ao fabricante de cada equipamento.

Custo instalação:

Considere as implicações construtivas e decorativas da solução escolhida, de preferência na fase de projeto arquitetônico. São variáveis e a comparação sempre é difícil, mas como regra, normalmente é crescente com a potência instalada.

Custo operacional:

É basicamente o custo do kwh gerado e ponderado pelo rendimento térmico. De nada vale você ter o insumo de energia barato, seja lenha ou gás se o equipamento tem baixo rendimento térmico.

Custo manutenção:

Avalie não somente o sistema em si e sua complexidade, mas também a extensão da garantia do fabricante.

Lareira Potência Custo aquisição Rendimento térmico Custo instalação Custo operacional Custo manutenção Total
Lareira a álcool 4 3 5 5 4 5 26
Calefator à lenha 5 1 4 2 5 4 21
Lareira aberta 1 2 1 4 3 5 16
Lareira elétrica 2 3 3 3 3 2 16
Lareira à gás 1 3 1 2 3 1 11

 

Atenção! Os dados apresentados aqui são meramente explicativos. Não faça as instalações sozinho, pode ser perigoso. Procure sempre Orientação Técnica especializada.

Escolhendo seu aparelho

De acordo com os dados apresentados, a LAREIRA A ÁLCOOL  mostra-se uma ótima opção, pois tem baixo custo de aquisição, supera as demais por ser extremamente versátil e atenderá a demanda do projeto arquitetônico ou decorativo além de ter praticamente ZERO custos com manutenção. Os modelos disponíveis na CENTRAL DAS LAREIRAS vem prontas para utilização e apresentam certificação de atoxidade.

Quantos ambientes você precisa aquecer?

Eficácia é tão importante quanto a economia, de nada adianta adquirir uma lareira econômica se ela não cumprir o papel de AQUECER os ambientes adequadamente. Por isso, um dos elementos a se considerar é a distribuição de CALOR. As lareiras tendem a deixar a temperatura igual em diversos cômodos, enquanto que o aquecedor pode POTENCIALIZAR O CALOR de quem está próximo ao aparelho. Confira a tabela explicativa:

UM AMBIENTE O ambiente no qual está instalado a lareira. Utilize qualquer salamandra, calefator ou recuperador.
DOIS AMBIENTES O ambiente da lareira + 2 locais diversos. Calefator canalizável com 02 saídas, com ventiladores já integrados.
TRÊS OU MAIS AMBIENTES O ambiente da lareira + 3 ou mais locais diversos, até 07 saídas. Recuperador + bomba de ar quente.

CONCLUSÃO:

Se você não está procurando potencia, LAREIRAS A ÁLCOOL se mostram a melhor opção pois perdem apenas neste quesito para CALEFATORES a lenha.

Esperamos que o artigo tenha sido ESCLARECEDOR. Em caso de dúvidas não exite em entrar em contato por telefone: (41) 3022-3060, formulário ou pessoalmente. Estamos prontos para te ajudar a escolher a melhor solução para aquecer seu ambiente.

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *